A força do perdão!

Era uma vez um pai de família exemplar, bem sucedido em seus negócios, homem íntegro e temente a Deus, respeitado em toda sua comunidade. Mas então...


Bandidos levaram 2/3 dos seus bens. Desastres naturais levaram o restante e mataram todos seus filhos. Seu corpo foi tomado por um câncer maligno generalizado que o cobriu dos pés à cabeça. Por causa disso tudo a sociedade colocou em descrédito a sua integridade.


A única coisa que ainda lhe restava era a fé em Deus, e até isto tentavam tirar dele. Sua esposa o instruiu a blasfemar contra Deus pra que Ele em ira o consumisse e assim colocasse fim a tão triste história.


Este homem é Jó, você deve ter lido sobre esta tragédia nesta outra postagem.


Se já não bastasse tudo o que Jó passava, ainda recebeu a visita de 3 amigos (não amigos dele, eram 3 amigos da onça) que torraram seu juízo tentando comprovar que Jó era um homem mal que ofendia constantemente a glória de Deus. O que claramente não era verdade, e a história destaca isso.


Aconteceu que após os 3 covardes se calarem foi a vez de Deus falar e por fim a esta história. Deus explicou a Jó que Ele conseguia controlar o mundo inteiro, deixando claro pra Jó que a simples vida de um só homem não seria difícil para controlar, e assim, tudo o que estava acontecendo ainda estava no controle de Deus.


Então foi a vez de Deus falar com os 3 amigos (da onça). O Senhor afirmou que estava irado contra eles, e esta ira só se apaziguaria após eles oferecerem sacrifícios e (aí veio o mais difícil) convencerem Jó a clamar a Deus por eles.


Imagine as duas situações: (1) Primeiro a dos 3 homens. Como teriam coragem de voltar à casa do homem que acusaram de pecado, sem respeitar o luto deste, ou as lutas diárias contra a doença, e ainda falsamente? (2) Agora pense do lado de Jó. Você perdoaria os seus 3 amigos que foram lhe visitar só para lhe acusar e entristecer. Amigos que não respeitaram que você acabara de perder 10 filhos de uma vez só, e disseram que a culpa era sua por seus pecados omitidos?


Bem, Jó perdoou, e o texto nos diz que enquanto Jó clamava por eles, Deus mudou a sorte de Jó. E seus familiares vieram lhe visitar trazendo ofertas, e assim Jó se reergueu. De tudo o que tinha perdido ganhou o dobro. Até outros 10 filhos Deus lhe deu. Suas filhas eram as mais belas de toda a região. E Deus lhe deu vida para ver até seus bisnetos.


Toda essa mudança de vida aconteceu quando ele decidiu usar a força do perdão. Perdoar vale a pena. É uma atitude recompensada por Deus. Faça o teste e verás...

21 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

O diabo é o cão

Antes de tudo quero esclarecer que não gosto de dar audiência ao Inimigo. Não suporto a divisão comumente feita de que quando somos santos Deus fica feliz, e quando pecamos Satanás fica feliz. Longe d

Quando Deus manda...

Certo dia um programa de rádio cristão pedia aos seus ouvintes que doassem uma cesta básica a uma irmã que passava por necessidades. "Coincidentemente", no mesmo momento um senhor que odiava crentes m

© Copyright - Associação Evangélica Fonte de Luz no Brasil - 2017-19